O que é

Diferentes editais de financiamento e cooperação entre governos, órgãos de fomento e fundos de investimento internacionais para projetos de inovação e P&D.

Existem programas como o de Cooperação Internacional em Inovação, desenvolvido pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) que fomenta essas parcerias. Através do programa, foram criados editais de cooperação com o Reino Unido, França, Israel e Alemanha. No entanto, esses editais não estão necessariamente ligados ao MDIC. O britânico Newton Fund é um exemplo, lançado no Brasil pelo governo britânico em 2014.

 

Como funciona

Cada chamada aberta para inovação e cooperação internacional tem as suas especificidades e obedece a regras determinadas pelas instituições envolvidas.Normalmente, é necessário submeter um projeto de acordo com o edital pretendido.

Na Cooperação Internacional viabilizada pelo MDIC, os projetos são financiados conjuntamente pelo BNDES, ou outras agências brasileiras de fomento, e agências e mecanismos de incentivo e financiamento próprios de cada país parceiro.

As parcerias são formadas por empresas brasileiras e estrangeiras, na elaboração de propostas de pesquisa e desenvolvimento que resulte no desenvolvimento de novos produtos, processos ou serviços direcionados à comercialização no mercado doméstico e/ou global. Normalmente, é necessário demonstrar equilíbrio adequado na participação dos parceiros industriais dos dois países, com complementaridade entre as empresas e contribuições de ambos os lados para a pesquisa.

É também comum que os editais priorizem certas áreas, como no caso do Newton Fund, que estabelecem as seguintes abordagens:

  • Saúde, com especial atenção à doenças negligenciadas
  • Agricultura Sustentável
  • Energia Renovável
  • Educação
  • Biodiversidade e ecossistema
  • Tecnologia Ambiental
  • Mudanças Climática
  • Alimentação, Energia, Água, Meio Ambiente e Nexus
  • Transformações Urbanas

O CSEM Brasil está inserido no ecossistema internacional de inovação, em parceria com diversos players importantes da área, como universidades, fornecedores, parceiros, especialistas, outros centros de pesquisas, etc. Tais conexões e experiências facilitam o desenvolvimento de inovação com empresas e instituições estrangeiras.

 

Quem pode usar

Diferentes editais trazem especificações distintas, mas novamente levando como exemplo o Newton Fund, em geral é possível participar da seguinte forma:

  • Pessoas: Programas com o objetivo de capacitar e promover colaborações bilaterais de pesquisadores professores, universidades e outras profissionais.
  • Pesquisa: Abrir chamadas de pesquisa colaborativa em áreas de desenvolvimento.
  • Inovação: Parcerias para desenvolver soluções inovadoras e tecnológicas em áreas de desenvolvimento.

 

Entre em contato