DESENVOLVIMENTO DE SOLUÇÕES

O CSEM Brasil desenvolve soluções sob demanda de alta tecnologia e para a indústria e mercado em geral, de forma customizada e dirigida a resultados. 

 

VEJA ALGUNS CASES:

 

 

  • CASE 1
  • CASE 2
  • CASE 3
  • CASE 4
  • CASE 5
  • Setor de oléo e gás (GNV Compressores)

    Desafios: A empresa mineira do setor de óleo e gás GNV Compressores contratou o CSEM Brasil para desenvolver um sensor de gás miniaturizado, tendo em vista que, neste segmento, todos os sensores são importados.

    Solução: Com a expertise do CSEM Brasil, foi identificada uma oportunidade de mercado para o desenvolvimento de um produto nacional dirigido a aplicações associadas a detectores de gases explosivos. O sensor tem baixo custo, design atrativo e é direcionado a um segmento de mercado ainda não explorado no Brasil.

    Benefícios – Em parceria com o cliente, o CSEM contribuiu para a abertura de um novo nicho de mercado, com o desenvolvimento de um produto competitivo em termos de funcionalidade e custo. Foram considerados neste processo benefícios fiscais pela opção tecnológica por um produto 100% nacional. Como resultado, espera-se o aumento de receita e vantagem competitiva do cliente.

    “Com a parceria com o CSEM Brasil, colocamos a Junqueira dentro de um grupo de empresas que trabalham com tecnologia diferenciada, de última geração. Hoje, temos um produto diferenciado, único no mundo: um sensor de gás com muito valor agregado. São iniciativas como essas que irão colocar Minas Gerais em um nível mundial negócios”.

     Daniel Junqueira, sócio-diretor da GNV Compressores.

  • Setor automotivo (Fiat)

    Desafios: Fiat e CSEM Brasil perceberam a oportunidade de desenvolverem novas funcionalidades para o setor automotivo, a partir de duas grandes perspectivas: incremento no design do carro e geração de economia/maior eficiência de combustível.

    Solução: Foram desenvolvidas tecnologias variadas de sensores e soluções de design em engenharia para o setor automotivo, utilizando para isso tecnologias de eletrônica orgânica impressa e microssistemas cerâmicos.

    Benefícios: A solução desenvolvida pelo CSEM Brasil tem design inovador e garante ao cliente maior vantagem competitiva, pois agregou novas funcionalidades aos seus produtos. O cliente utilizou de forma eficiente os seus recursos de P&D, alcançando soluções efetivas para o seu dia a dia.

  • Setor aeroespacial (IEAv)

    Desafios: Havia uma demanda do Instituto de Estudos Avançados (IEAv) para transferência tecnológica e nacionalização de um componente eletrônico para a indústria aeroespacial, dentro da sua estratégia de investimento em defesa e maior competitividade do setor.

    Solução: O CSEM S.A. foi a instituição responsável pelo treinamento em transferência de tecnologia de microfabricação deste componente, e o CSEM Brasil intermediou o contrato deste projeto, que se baseou no desenvolvimento de sensores inerciais para ambientes hostis, como, por exemplo, acelerômetros.

    Benefícios: Como resultado, a indústria aeroespacial brasileira passou a ter acesso a um componente de ponta nacional, antes importado, e de altíssimo valor agregado, desenvolvido a partir de um modelo de transferência total de tecnologia. Esta iniciativa garante maior competitividade ao setor.

  • Moda (Ronaldo Fraga)

    Desafios: Para aliar tecnologia e moda na busca por diferencial e identidade, o estilista Ronaldo Fraga contou com o CSEM Brasil para promover um desfile impactante na 33ª edição do São Paulo Fashion Week, em 2012, com a aplicação de lâmpadas eletroluminescentes nas peças de lançamento da sua coleção.

    Solução: O material utilizado pelo estilista foi desenvolvido pelo CSEM Brasil, único na América Latina capaz de preparar esses dispositivos em lâminas de grande comprimento e volume, utilizando a tecnologia eletrônica orgânica impressa por rolos (roll to roll). Entre outras vantagens, permite a impressão de materiais flexíveis, que facilmente se ajustaram às modelos. A tecnologia utiliza os chamados polímeros orgânicos, dos quais os OLEDs (organic light emitting diodes) fazem parte.

    Benefícios: O lançamento da aplicação de dispositivos eletroluminescentes no design durante uma das maiores semanas de moda do mundo expôs a ascensão do Brasil no mercado de tecnologia de produtos de alto valor agregado, com ganhos em imagem para o cliente, já consagrado por seu trabalho surpreendente e inovador.

    “O potencial de transformação do projeto vai ser sentido além do mundo da moda. É realmente gratificante essa oportunidade de releitura da arte Marajoara, da pré-histórica brasileira, usando uma tecnologia de iluminação destinada ao futuro”.

    Ronaldo Fraga, estilista.

  • Design (Casa Cor)

    Desafios: Com o objetivo de utilizar tecnologias inovadoras e contribuir para abrir novos mercados, o CSEM Brasil foi responsável por um projeto na Casa Cor Minas Gerais 2012, um dos eventos de maior relevância para o design de ambientes. O desafio foi sinalizar o portal de entrada do evento e as passarelas com materiais luminescentes de fácil instalação e funcionamento contínuo.

    Solução: Para este projeto, utilizando as mesmas técnicas de eletrônica impressa (roll to roll), o CSEM Brasil produziu, também pela primeira vez na América Latina, dispositivos de iluminação eletroluminescentes, lançando a linha de produtos LUME. As características dos materiais em termos de fineza, leveza e flexibilidade foram determinantes para que a solução tivesse excelente aderência ao design dos ambientes.

    Benefícios: O projeto fez parte de um ambiente premiado na Casa Cor, reforçando o posicionamento de vanguarda do cliente. Além dos ganhos em termos de exposição e imagem, a Casa Cor pode oferecer aos participantes novas perspectivas de aplicação de materiais inovadores e sustentáveis, cumprindo seu papel de apresentar ao mercado novas soluções em arquitetura e decoração. 

    “Uma virada sensacional revolucionará a forma de a humanidade lidar com as fontes energéticas do planeta. Neste cenário, os profissionais de iluminação têm pela frente a árdua tarefa de aprender a conhecer e lidar com as fontes luminosas eletrônicas. O formato inusitado em tiras extremamente sutis, sua flexibilidade e leque de cores desafiam a criatividade de designers e arquitetos. A Casa Cor Minas teve a capacidade de compreender as enormes potencialidades de eletroluminescência e instigou os profissionais da área a dar forma e uso a este revolucionário jeito de iluminar. Pelo segundo ano consecutivo teremos o CSEM como parceiro do nosso evento e esperamos contribuir para o desenvolvimento de produtos que acrescentem no avanço da ciência e da sustentabilidade”.

    Ernesto Lolato, Casa Cor Minas.

Copyright © 2013 Csem Inc. All rights reserved.