• pernambuco-24

A Indústria do Futuro em Pernambuco

Desafio

A economia do estado de Pernambuco necessitava de sofisticação para romper com oferta de produtos de baixo valor agregado. Essa busca do Governo de Pernambuco pelo aumento da competitividade de seu mercado passava pelo uso de tecnologia e inovação. Tornar uma região atrativa exige planejamento, investimentos e uma articulação entre políticas públicas muito bem desenhadas para atrair investimentos, capital humano e desenvolvimento. Para isso a expertise do CSEM foi convocada, em uma consultoria tecnológica contratada para prospectar, definir e implantar plataformas tecnológicas em Pernambuco.

Solução

Foi realizado um amplo estudo, considerando aspectos econômicos, análises da indústria local e ecossistema de inovação, até então existente no estado. Além disso, foram abordadas tendências tecnológicas mundiais em termos de aderência e pertinência à realidade da economia local, nível de investimentos necessários para sua implantação, tamanho de mercado e possibilidades de impactos econômicos e sociais, facilidade de implementação em termos de infraestrutura, capital humano e competitividade.

Mais de 70 plataformas tecnológicas foram analisadas. Ao fim, chegou-se a sete mais pertinentes e acessíveis para causar impacto na indústria local, enquanto direcionamento para gerar soluções de alto valor agregado. Estas plataformas foram apresentadas em um mapa estratégico, considerando os principais aspectos para tomada de decisão. Durante todo o processo, foi utilizada metodologia própria do CSEM Brasil, desenvolvida especificamente para esse tipo de trabalho.

Houve grande envolvimento dos principais stakeholders do estado e workshops com especialistas técnicos, visitas a empresas e entidades governamentais, entrevistas com importantes players da economia local e envolvimento de profissionais do CSEM Brasil e do CSEM Suíça.

Visão de futuro

A visão do governo do estado é criar um ambiente de desenvolvimento de inovação e P&D capaz de gerar soluções de alto valor agregado e projetos de inovação tecnológica estratégicos, atrair novas empresas, investimentos e capital humano, tornando a indústria do estado mais dinâmica e competitiva, nacional e internacionalmente. Todas as ações culminaram na orientação para transformar a economia pernambucana na Indústria do Futuro.